FR EN DE ES IT PT

As diferentes equipes de produção do Krosmoz deixaram seus votos e reflexões para o ano de 2016: DOFUS; o filme DOFUS; DOFUS Pogo; DOFUS Touch; WAKFU; 3º temporada de WAKFU; KROSMASTER e KROSMAGA!

EDITORIAL - Temática 2016: Calabouços e desafios

 
Olá a todos!
Como havíamos prometido, aqui está a segunda carta à comunidade. Nosso objetivo ainda é o mesmo: trocar ideias com vocês com a maior transparência possível. A ideia é garantir que vocês possam, aos poucos, entrar em nossos cérebros (malucos) para obter um nível de informação absoluto. Levamos em conta seus comentários sobre a nossa falta de comunicação e vamos tentar reverter completamente isso.
Além disso, embora hoje a melhor forma seja escrever as coisas “preto no branco”, pensamos em uma maneira (mais visual e lúdica) de deixá-los informados.
 
No cardápio deste mês de janeiro, vocês encontrarão uma nova safra das ideias que os GDs de DOFUS e WAKFU MMO estão desenvolvendo; novidades sobre o filme e sua estreia; um relatório sobre o progresso do DOFUS Touch, KROSMAGA e KROSMASTER; algumas imagens inéditas da 3º temporada de WAKFU; e, de sobremesa, alguns quadrinhos.
 
Mas, antes de começarmos com o turbilhão de informações, gostaríamos de aproveitar este editorial para explicar a forma como trabalhamos na Ankama.  E isso vem bem a calhar, já que tem a ver com o título do editorial. O tema de 2016 é “Calabouços e desafios”! E, antes de irmos aos detalhes, vamos explicar como trabalhamos.

Apertem os cintos!
Com o KROSMOZ, desenvolvemos um universo persistente em constante evolução. Existe um lado que criamos e um outro onde vocês vivem, a sua percepção desse mundo épico-burlesco. Mas a força TRANSMÍDIA do Krosmoz é também sua fraqueza. Nós nunca contamos a mesma história duas vezes, mas, neste caso, com tantos trabalhando no universo, fica difícil controlar tudo. Uma de nossas melhores ferramentas para ter uma visão geral é o “tema”.
Pode ser um quadrinho, um jogo, um filme ou uma série, sempre há um tema que comanda tudo. Esse é o principal ponto de entrada, que permite que as pessoas criativas se apeguem a uma linha comum. Em um universo aberto como o de Krosmoz, o tema nos permite canalizar nossa energia e focar as equipes em um tópico único. Não importa se são equipes de produção, de comunicação, de escritores... Cada um deve dar um passo adiante e compartilhar suas ideias.

Entramos agora no cerne da questão.
Durante nossas discussões com vocês, entendemos que seus desejos lúdicos estão em plena mutação e têm uma tendência a se orientar pelo JcJ e pelos desafios comunitários.
Nós então desenvolvemos o tema de acordo com o que vocês desejam. 2016 será o ano dos calabouços e dos desafios.
Nos últimos meses, trabalhamos com DOFUS e WAKFU em torno dessa temática, e boa parte do que vocês descobrirão abaixo, as palavras de vários integrantes da equipe, está baseada no que foi dito acima.
Mas, mesmo se o conteúdo IG deixou vocês impacientes, saibam que nosso objetivo não é só o conteúdo em jogo. Este ano, gostaríamos de mexer também nos encontros em torno do tema. Continuar trazendo para vocês a ideia de trabalhar os torneios e outros desafios.
Sendo assim, saibam que estamos disponíveis para ouvir todas as suas ideias e que os fóruns são para isso, para falar com vocês e ouvir seus pedidos.
 
 
Para terminar, gostaria de agradecer a toda a comunidade e, em especial, às pessoas que nos encorajaram nos últimos eventos, seja na Vila Ankama ou nas estreias do filme.
Nos últimos três meses, experimentei muitas emoções e dedico isso a vocês. Mas deixando minhas emoções de lado, quero falar do meu atual estado de espírito (e depois mostrar um pouco de sentimentalismo, que nunca faz mal a ninguém).
Nesses últimos anos, fui muito discreto. Sou uma pessoa que trabalha muito e fui vítima de ataques e críticas nos fóruns. Precisei me afastar um pouco. Acalmei meu espírito mergulhando na escrita e na direção... Como consequência, perdi o contato com vocês... e me arrependo disso.
Porque, francamente, nos reencontros recentes com vocês eu rejuvenesci... Como explicar...? Fui tomado por muita nostalgia. A maioria das pessoas com quem falei tinha entre 20 e 25 anos... e quase todos me falaram que jogavam há dez anos, e que haviam crescido com DOFUS. Então, claramente, quando digo que nossas reuniões com vocês me rejuvenescem, quero dizer mentalmente, tá? Porque, na verdade, me lembram que estou me aproximando dos quarenta. Mas o que realmente me faz bem é ver que um jogo online teve tanto impacto para tantas pessoas.
 
Vejo muitas vezes os outros denegrirem nossa comunidade de jogadores. Mas fazer o quê? Quando eu os encontro, mando todos “catarem coquinho”. 99% das vezes, conheço pessoas maravilhosas e generosas. Exemplos recentes?
Os vencedores do torneio 1001 Garras, que enviaram seu troféu magnífico ao seu amigo canadense. O garotinho de 4 anos que veio abraçar alguém da equipe e disse que seus pais se conheceram jogando DOFUS. O anúncio do nascimento da pequena Amalia (seus pais amavam a série WAKFU). A pequena Chloé e seus pais, que não hesitaram em viajar quilômetros para ir aos nossos eventos. Nosso Edroc nacional, que nunca participa do jogo de perguntas e respostas para deixar que outras pessoas ganhem também. Nossos embaixadores, que estão aqui para esquentar os ânimos (dalien), os “carinhas do CDO”, que mantêm o sangue frio em Lomme, garantindo que seu fluxo não vire de cabeça para baixo... E Krosmaster... eu nunca vi um torneio em que os adversários trocam conselhos em pleno combate... E eu nem falei dos presentes que ganhamos (comestíveis ou não!). É realmente uma linda aventura!
 
São tantos momentos mágicos que me fazem perder a noção de que criamos algo maior do que nós. Esse universo é NOSSO! E quando eu digo “nosso”, refiro-me não só às pessoas que trabalham nele, mas também a vocês que o acompanham há tantos anos. Por tudo isso, eu os agradeço do fundo do coração. Mesmo aos trolls enraivecidos nos fóruns, porque, no final das contas, conversamos sempre com um sorriso.
De qualquer forma, isso me faz querer ir mais longe, e me faz ter a consciência de que nunca devemos perder o diálogo com vocês.
 
Por enquanto, desejo a todos uma boa leitura. Até logo.
Tot

Sumário

 
  • Krosmaster                            (Jogo online e jogo de tabuleiro)
  • WAKFU MMO                        (Jogo online)
  • 3ª Temporada de WAKFU   (Animação)
  • DOFUS, o filme                      (Animação)
  • DOFUS MMO                         (Jogo online)
  • DOFUS Touch                        (Jogo para celular)
  • Krosmaga                               (Jogo online)
 

KROSMASTER

 
4º Temporada
 
Programada para o 1º semestre de 2016, a 4ª temporada de Krosmaster Arena está em andamento. É, sem dúvida, ainda um pouco cedo para falar disto, mas já podemos revelar o tema: Além! Vamos lá! Já que vocês têm sido bonzinhos este ano e que estão ainda mais numerosos do que no ano passado, vamos revelar algumas imagens exclusivas:

O que vocês esperam do jogo online em 2016?

 
O lançamento do jogo para PC no Steam permitiu que a comunidade Krosmaster crescesse rapidamente! Vocês podem achar que muitos dos jogadores são americanos, mas os brasileiros também entraram na arena!
Isso continuará em 2016 com as novas atualizações a partir do início do ano; outras missões diárias, que permitirão ganhar Kroz adicionais; novos personagens; e um novo modo de jogo, em que o jogador terá que compor sua equipe com uma seleção limitada de Krosmasters!
A versão para tablet está progredindo bem. A equipe continua otimizando o jogo e as interfaces, e vocês deverão colocar as mãos nele ainda no primeiro semestre deste ano.
 

WAKFU MMO


Em primeiro lugar, temos que pedir desculpas mais uma vez por todos os problemas encontrados recentemente. Depois dos últimos lançamentos "turbulentos" e dos problemas recentes com Wakfu, a nossa prioridade para 2016 será mais do que nunca dar estabilidade ao jogo.
O começo do ano é o momento de fazer boas resoluções, mas saiba que, para nós, a equipe WAKFU MMO, também é a época de tentar concretizá-las.

Na verdade, temos trabalhado constantemente há muitos anos para melhorar a sua experiência com o tema principal, em paralelo ao conteúdo e às novidades. Durante o ano de 2016, esperamos entregar uma parte dos frutos desse trabalho e mantê-los informados sobre as melhorias que estão por vir, mesmo que tenhamos que adiá-las para refiná-las.
Está programada uma atualização das principais características que fizeram de WAKFU um jogo único, desde um simples debug a uma reformulação completa, passando por melhorias não negligenciáveis. Isso vai saciar o desejo de batalha e conquista dos mais espirituosos de vocês e enriquecer a experiência dos curiosos ou dos que têm uma alma de “faz-tudo”.
Em suma, partimos para o que consideramos mais importante para o futuro de WAKFU e o que vocês devem esperar no novo ano e além!

Ilha de Moon, segunda parte

A Ilha de Moon foi lançada no último mês de setembro, mas ainda não revelou todos os seus segredos! No primeiro patch do ano, haverá conteúdo do mais alto nível do jeito que nós amamos: Duas novas famílias de monstros: os Crocodyls, que caçam na praia, e os Kanívoros, plantas monstruosas que esperam e devoram os Kanibolas na floresta.
Dois novos calabouços e seus Chefes: um novo arquimonstro e também um novo Chefe Supremo (vamos deixar vocês adivinharem quem é!), que permitirá obter muitos equipamentos inéditos e as novas Runas Fabulosas. Esse ambiente hostil não vai deixar de surpreendê-los!


 


Narração e missões: capítulo 4 e capítulo final de Nações

Temos acompanhado com muito interesse o retorno de vocês às missões de 2015, particularmente através dos capítulos 1, 2 e 3 da missão das Nações e também na missão da Escola de Huppermagia, e agradecemos pelos comentários e incentivo.
Embora as missões não sejam os elementos de jogo principal de Wakfu MMO, nos parece importante manter essa camada narrativa e oferecer a cada jogador um enredo principal a seguir, bem como alguns arcos narrativos secundários para serem explorados à vontade, como na Confraria do Tofu nas estações 1 e 2 da série WAKFU.
É com isso em mente que vamos, nas próximas atualizações de conteúdo, continuar oferecendo a suíte e o fim da missão das Nações através dos capítulos 4 e 5, passando em Brakmar primeiro e depois em Sufokia.
A estrutura continua essencialmente a mesma, ou seja, uma série de missões com diferentes desafios e personagens a serem encontrados ou enfrentados, terminando em um calabouço de aventura narrativo.

O desafio final da missão das Nações é significativo porque, após o quinto e último capítulo, vocês terão a oportunidade de obter um novo artefato divino... Mas será também o momento para saberem mais sobre os diferentes protagonistas dessa série de missões e darem um fim aos conflitos antigos, o que ajudará a conhecer os personagens emblemáticos ou toda a riqueza do Mundo dos Doze.
Além dessa camada narrativa explícita que são as missões (e seus textos, diálogos e cenas), não devemos esquecer outro aspecto mais sutil, mas extremamente importante: o level design. Fhenris falará mais sobre isso! =^__^=

 
Reformulações e novas ilhas

Em alguns lançamentos, tentamos melhorar conteúdos antigos. Por exemplo, vocês poderão desfrutar de uma reformulação de Kelba, ou até de Dezist. No início do ano, vamos entregar uma versão visualmente reformulada da ilha dos monges. Portanto, será uma oportunidade de voltar ao Sliptorium e enfrentar a terrível Freira!
Um pouco mais para o final do ano, vamos ter o surgimento de outra ilha. Ainda não definimos qual será selecionada, mas vamos considerar a opinião de vocês sobre o assunto!
No entanto, saibam que um novo (e enorme) conteúdo também chegará durante o ano, com a adição de uma nova ilha que você vai conhecer no devido tempo!

 


ARTEFATOS
 

Há algum tempo, introduzimos o conceito de artefatos. Esses objetos permitem desbloquear uma funcionalidade de deslocamento mais original que a outra. E não para por aí!

Atualmente, estamos trabalhando no funcionamento das patas de Ecaflip, um artefato que permite que vocês escalem as falésias. Por permitir saltos, ele dará acesso a lugares escondidos ou atalhos.

Por outro lado, vamos rever e diversificar as recompensas associadas aos artefatos e as maneiras de obtê-los.
Também temos em mente um projeto ambicioso cuja viabilidade ainda estamos analisando: um artefato que permita nadar em águas rasas! <(^ _ ^ <)


PvP: Nação contra Nação

A tão esperada continuação do PvP (jogador contra jogador), que foi introduzido em 2014, surgirá este ano. O eixo que foi escolhido continuará a ancorar o sistema de nação contra nação, essencial ao modo PvP e à política de WAKFU.
 
Dois modos de jogo se abrirão então para vocês:

Os campos de batalha, que funcionam com um sistema de organização de partida sólido e permitem gerar batalhas multijogador balanceadas. Eles estarão disponíveis em vários modos de jogo, da batalha fixa de arena aos campos de batalha mais vastos com objetivos diferentes. Além disso, permitirão recolher recompensas individuais e evoluir na classificação JcJ.

A conquista de território, que terá partidas JcJ muito mais livres, para garantir a glória da sua Nação. Com partidas PvP livres e equilibradas, o objetivo é que todos se beneficiem, permitindo introduzir novos modos de jogo.


Ecossistema

O ecossistema é uma das bases de WAKFU que queríamos trazer de volta. O objetivo é propor ao jogador uma grande variedade de ações que terão consequências reais sobre o ambiente. Queremos também que vocês evoluam para um mundo mais rico e dinâmico, onde uma série de eventos pontuais possa ocorrer, dependendo do que aconteceu na área.
É um grande projeto do qual ainda temos pouca informação para compartilhar no momento, mas não hesitaremos em voltar a vocês quando ele for relevante.

 


Profissões e recursos

Em WAKFU, as profissões são meio que deixadas em segundo plano ao longo do tempo. Já a mecânica de obtenção de objetos está centrada principalmente na ação de saque.
A longo prazo, queremos oferecer um sistema que torne as profissões interessantes, com um jogo em que vários equipamentos podem ser obtidos diretamente com os monstros, e manter a diversão com a possibilidade de que um objeto lendário seja solto.

Portanto, as reflexões estão atualmente focadas no que é reciclável. Todos os objetos e recursos do jogo poderão ser reciclados e se tornar itens mais genéricos, com exceção dos tipos de atividades, que serão os recursos para confeccionar os objetos.
Teremos, portanto, um sistema em que manteremos o prazer de obter objetos por saque, mas com ligação às profissões e revalorizando muitos aspectos do jogo. Por exemplo, vocês pegariam um objeto que não lhes interessa?  Ou que não lhes interessa mais? Ele não estará perdido, pois esse objeto é reciclável e servirá para a obtenção de seus próximos itens.

Da mesma forma, outros recursos genéricos servirão para revalorizar as demais atividades. Por exemplo, um recurso especial pode ser obtido com missões, conquistas, segredos (baús encontrados no mundo), caçadores e missões diárias dos minijogos. Já outro recurso especial pode ser obtido com desafios ambientais, rebanhos, caças ao tesouro, invasões de monstros e tudo mais que tenha a ver com o ecossistema. O funcionamento por recursos genéricos permitirá também o descongestionamento dos inventários.
A reformulação das profissões também é uma regularização da curva de experiência para que ela acompanhe melhor a evolução dos jogadores. Além disso, haverá uma reformulação e melhoramento completo das receitas, uma interface de confecção segura, profissões ligadas à conta, o retorno das ferramentas nas profissões e muitas outras melhorias.

Nós criamos também um sistema que permitirá que os jogadores confeccionem objetos com características próprias de uma maneira completa e inovadora. Mas nada está decidido ainda.

Conquistas

As conquistas são uma característica que queríamos ver há muito tempo. É a característica principal, que deve ser o ponto de ancoragem de todas as outras características e conteúdos do jogo, propondo um desafio em cada uma das atividades e recompensando você por cada desafio cumprido com sucesso. Isso oferece um motivo para explorar o vasto mundo de WAKFU e seu rico conteúdo.

E sobretudo, é uma nova maneira de desenvolver os personagens que serão oferecidos a vocês: cansado de matar o monstro de maneira pouco heroica? Sobretudo, é uma nova maneira de desenvolver os personagens que serão oferecidos a vocês. Estão cansados de matar os monstros de maneira pouco heroica? Descubram todos os aspectos de cada conteúdo e funcionalidade do jogo, ultrapassem seus limites e encarem os desafios mais difíceis. Isso fará vocês ganharem muita experiência, bem como objetos e outros prêmios exclusivos que demonstrem suas conquistas.

Para finalizar, cada conquista vai lhes render pontos de conquistas, definindo uma pontuação progressiva e permitindo que vocês a comparem à de seus amigos.
 

Entidade de conta

O sistema do herói introduziu a noção de gestão de vários personagens. Muitas melhorias ainda estão por vir para esse nível. Pouco a pouco, pretendemos facilitar a vida de vocês com o lançamento de muitas funcionalidades diretamente na conta, sem ter que gerenciar um único endereço.

As funcionalidades potencialmente relevantes são: kamas, ações e emoticons, opções, profissões, a nação, a guilda, o saco de viagem, aparências, conquistas, inventários e Hotéis de Ventos.
 
 
E de resto...?

Na maioria dos assuntos abordados, falamos do balanceamento de classes, melhorias do conteúdo existente e acessibilidade das interfaces. São questões importantes para nós e em que trabalharemos bastante.

Mesmo que todos os pontos abordados não possam ser concretizados este ano, esperamos ter oferecido uma boa visão das nossas reflexões atuais e da direção que tomamos. Enquanto isso, o ano de 2016 promete ser muito colorido e cheio de surpresas!

Agradecemos a confiança que vocês colocaram no jogo em todos esses anos. Estejam certos de que traremos uma experiência cada vez mais rica a cada atualização.
 

3ª Temporada de WAKFU


TOT (roteirista)

A 3ª temporada está avançando bem. Como já explicamos, estamos trabalhando em uma série de 13 episódios com duração de 26 minutos. Pensando objetivamente, acho que é o melhor trabalho que fizemos na série de Wakfu e estou muito animado com o fato de que vocês poderão vê-lo.

Em cada uma das nossas newsletters, com certeza traremos uma avaliação breve do progresso da produção.
 
NTAMAK (diretor)

Ao chegar à Ankama há mais de oito anos, não imaginei que teria a oportunidade e a responsabilidade de ser diretor de uma série animada como Wakfu, de tomar muitas decisões, de construir narrativas e gráficos, de impor uma orquestração, mas também, e acima de tudo, de observar, conversar e me inspirar no talento ao meu redor para obter o melhor de cada indivíduo em um trabalho em comum.

A 3ª temporada de Wakfu é uma aventura humana extraordinária e, para mim, um sonho de infância que se tornou realidade. É um prazer ver o centro de coordenação da Ankama ganhando mais e mais maturidade. A experiência do filme DOFUS enriqueceu os talentos da empresa, dá para notar!

Nesta temporada, as apostas são novas graças à possibilidade de fazer uma série de verdade. Narrativamente falando, ela pode surpreendê-los, pois ganhou um tom mais maduro. É uma oportunidade para se aprofundar mais na história e no passado de alguns dos nossos heróis, enfrentar alguns dos principais dramas e... Não vou mentir, não fomos nada gentis.

 


 
 

DOFUS, o filme 

 
Com a palavra, Poupik e Alvi :
 
O lançamento do filme na França
Depois de 5 anos sendo escrito e 18 meses de produção, o filme DOFUS - Livro I: Judith será lançado na França no próximo dia 3 de fevereiro. Estamos orgulhosos por podermos apresentar nosso OFNI (objeto fílmico não identificado) pela primeira vez para um grande público e esperamos que tenha sucesso o bastante para nos ajudar a lançá-lo internacionalmente, para que finalmente chegue a todos vocês! Estamos de dedos cruzados!
É claro que vamos mantê-los informados assim que soubermos de mais eventos de lançamento em cinemas além das fronteiras francesas.
 
 
Medidor: o sucesso do filme também será seu!
 
Implementamos um medidor cujos níveis de recompensa estão ligados ao número de ingressos vendidos para o filme (incluindo pré-estreias). Por trás de cada nível se esconde um presente. Assim, quanto mais ingressos o filme tiver vendido, mais recompensas vocês ganham. Esse medidor será atualizado várias vezes por semana a partir de 3 de fevereiro, e vai desbloquear presentes para grupos de jogadores que já tenham jogado DOFUS pelo menos uma vez na vida. Para saber tudo sobre as recompensas, leia esta newsletter.

O medidor, que pode ser visto aqui, leva em consideração tanto os ingressos vendidos a partir de 3 de fevereiro quanto os vendidos nas pré-estreias e nos #DOFUSDAYS!
 
 
E porque amamos transmídia... 
Preparamos várias coisinhas relacionadas ao filme.
 
 
JOGO PARA CELULAR - DOFUS Pogo
 
Além das próximas atualizações dos jogos DOFUS e WAKFU, apresentamos DOFUS Pogo, um jogo para celular totalmente gratuito!
 
Veja a sinopse: O Dofus ébano... um objeto de desejo e fonte de poder absoluto! É ele que vai governar o Mundo dos Doze! Por isso, uma equipe de Tofus valentes o escondeu e o defende com unhas e dentes das hordas de monstros nada bonitos que aparecem! Por quanto tempo nossos valentes pássaros resistirão? Conte com eles para lutar contra os inimigos e proteger o precioso Dofus!

YouTube
Gerenciamento de cookies



Em DOFUS Pogo, seus reflexos e rapidez serão postos à prova! Enfrente uma enxurrada de monstros de todos os tipos e dispostos a tudo para recuperar o Dofus ébano. Resista o maior tempo possível e tente melhorar sua pontuação a cada partida!
(Um jogo de ação estilo arcade, DOFUS Pogo foi inspirado no universo do filme DOFUS e permite que você descubra esse mundo maravilhoso de maneira lúdica e divertida.)
 
 
EDIÇÕES
 
O Artbook de making-of do filme, com 207 páginas de histórias, imagens inéditas e revelações interessantes sobre o filme! Disponível por enquanto somente em francês, permite que vocês descubram ilustrações incríveis.
 
Vocês poderão adquiri-lo a partir de 5 de fevereiro na Loja Ankama.

KROSMASTER
 
Já dá pra imaginar que um filme de DOFUS, além de ser um prazer para os olhos, também é uma ótima oportunidade para criar figuras descoladas! É por isso que você vai descobrir logo, tanto na versão física quanto no jogo online, os novos Krosmasters: Jahash, Bakara, Miauvô, Marline, Julith, Joris, Lilotte e Khan. Eles vão estar prontos para lutar com fúria! E, se houver alguns nomes desconhecidos, vocês logo saberão tudo sobre eles em uma newsletter que está por vir...
 

MÚSICA
 
Composta por Guillaume Houzé e interpretada pela Orquestra Nacional de Lille e seus 70 músicos profissionais, a trilha sonora original do filme vai fazer vocês se remexerem. Será uma viagem entre canções leves e músicas épicas dignas das maiores cenas de ação!
Disponível agora em CD na Loja Ankama e nas plataformas a partir de 29 de janeiro.
 

De bônus, veja uma pequena página de quadrinhos elaborada por Mary Pumpkins, designer de DOFUS.


 

DOFUS MMO

 
Sobre as próximas atualizações
 
Ecafliperama: com a palavra Briss, Pilou e Lorko
 
Não é mais surpresa que o conteúdo principal da versão 2.33 é Ecafliperama, uma dimensão divina que desenvolvemos por vários meses. Nela, vocês encontrarão várias referências ao filme DOFUS e tudo o que uma dimensão divina pode oferecer (calabouços, missões, sucesso, equipamentos etc.).
Os calabouços (eles mesmos) oferecerão uma experiência nova e original enquanto vocês, como sempre, trabalham seus cérebros.
Além do mais, como em toda dimensão, os novos equipamentos apresentados sofreram uma renovação significativa para que possam ser mais poderosos que os anteriores.
É claro que os que gostam das missões não vão ficar parados: Ecafliperama é um mundo novo a ser descoberto, e a história de uma dimensão mantida pelo Grande Implicante com certeza terá várias surpresas.
 
Tentamos melhorar os gráficos e a jogabilidade do conteúdo. Esperamos que vocês se divirtam descobrindo o conteúdo original que imaginamos e criamos!

  
Revisão do sucesso Duo: com a palavra Briss e Pilou

Junto com a chegada de Ecafliperama, decidimos modificar o sucesso « Duo » dos últimos guardiões do calabouço de cada dimensão. Nesse sucesso, é necessário terminar o calabouço com somente 2 personagens. A fim de torná-los mais acessíveis a todas as classes, decidimos transformá-los em sucessos « Trio ». Em outras palavras, agora eles se validam se vocês terminarem o calabouço com 3 personagens. Somente os seguintes calabouços são importantes: o Palácio do Rei Nidas, o Trono da Corte Sombria e o Olho de Vórtex.
 

Equilíbrio de classes, por Briss e Pilou
Nosso objetivo é propor uma reformulação de classes na primeira metade do ano (o ideal é que seja para a versão 2.34, que será lançada em abril) e fazer com que ela sempre funcione para as três classes seguintes: Eniripsa, Sacrier e Osamodas. Nosso principal desafio é encontrar mecanismos que gostemos e que nos pareçam interessantes, que agradem os gostos atuais de pelo menos uma dessas classes e que compliquem as magias o mínimo possível. Isso é o que atrasa a entrega das atualizações. Nós já tivemos várias ideias, mas elas tornaram, na maior parte do tempo, as classes em questão muito mais complexas do que realmente são, sem deixá-las interessantes o suficiente. Além do mais, algumas áreas necessitaram da nossa atenção em 2015 e no começo de 2016, o que deixou pouco espaço para o balanceamento mais profundo das áreas mais antigas.
 
Obviamente, continuamos a pensar nos balanceamentos mais específicos e que exigem menos tempo para cada atualização, como já tínhamos o hábito de fazer.
 
 
Koliseu InterServidor, por Simsoft

Continuamos avançando no KIS, e uma nova versão será lançada depois da atualização 2.33 no servidor beta. Os principais acontecimentos terminaram e nos concentramos na otimização e correção dos problemas que havíamos identificado. Tivemos a oportunidade de usar um novo algoritmo para a gestão das cotas: o Glicko (https://en.wikipedia.org/wiki/Glicko_rating_system). Antes de configurarmos o KIS em servidores normais, devemos fazer vários testes, mais especificamente para conectar vários servidores KIS juntos (vários servidores dedicados podem hospedar paralelamente as batalhas de KIS para gerar um grande número de combates simultâneos). O KIS é uma de nossas prioridades, mas ainda faltam vários meses de trabalho e de testes antes de podermos usá-lo com personagens de servidores diferentes.

 
Desafios comunitários, por Lichen

Para a atualização 2.34 (abril), esperamos uma nova grande funcionalidade que chamaremos, por enquanto, de “desafios comunitários”.
Nosso objetivo é oferecer um conjunto de ferramentas no jogo que permitam a criação de desafios para os seus amigos, guilda ou o restante do seu servidor.
Em um primeiro momento, esses desafios serão baseados principalmente nos monstros (chefes e monstros clássicos). Você terá, por exemplo, a possibilidade de criar um monstro que vença em certas condições (a partir de uma lista de critérios flexíveis) e de propor esse desafio a outros jogadores.
Quem criar o desafio deverá vencê-lo antes de sugeri-lo aos outros. Você não poderá propor um desafio impossível para desconcertar seus piores inimigos.
Aquele que criar o desafio terá a possibilidade de fazer uma caixinha inicial, pagar a participação no seu desafio e recompensar aqueles que o validarem.
A caixinha ficará cheia se os jogadores falharem (se houver pouca participação) ou vazia se eles ganharem (por meio de recompensas).
Já bastante popular entre os designers do DOFUS em 2015, o ditado: “Se há vencedores, devem haver perdedores” será ainda relevante em 2016. Mas desta vez, quem criar os desafios será o culpado!
 
Eis alguns exemplos dos desafios que vocês poderão criar:
  • Derrotar o Papatudo real em menos de 7 rodadas com personagens de nível inferior a 20 e sem perder aliados.
  • Derrotar o Kwentro com 666 pontos no total de Ídolo e mais de 6 personagens.

 
Esta funcionalidade está ainda em fase de concepção, é possível que ela seja alterada de forma significativa nos próximos meses, mas quisemos mesmo assim compartilhar com vocês nossas (cruéis) intenções.

Missão de Dofus elementares,  por Halden
 
Programada para a atualização de junho, essa missão fechará a reunificação dos quatro primeiros Dofus elementares (Esmeralda, Púrpura, Turquesa e Ocre) e servirá como uma introdução após a lendária Missão de Seis Dofus.
 
Ela não trará um novo Dofus, mas vocês terão a oportunidade de se vangloriarem na frente dos outros jogadores, já que venceram e conseguiram reunir os quatro primeiros Dofus elementares...
 
Em 2016, vocês não serão mais confundidos com os “aventureiros” ricos e desocupados que compram seus Dofus de ambulantes do zaap de Astrub para aumentar seu capital, em vez de realmente participarem da aventura.
 
Não misturamos as Nojosas com os Reis Nojosos...

Missões alinhamento, por Korri

Em 2016, continuaremos a trabalhar nas missões de alinhamento, como fizemos em 2015. É um projeto paralelo que não está associado a nenhuma atualização específica.
As novas missões levam mais tempo para serem produzidas porque geralmente significam mais desafios, recompensas e conteúdo.



Acessibilidade, por François
Comemoramos recentemente os 11 anos de existência de DOFUS e estamos muito orgulhosos! Mas não pretendemos parar por aí!

Um dos muitos objetivos de 2016 será a acessibilidade do jogo. Nós nos demos a missão de continuar melhorando o suporte aos novos jogadores no Mundo dos Doze. Em 2015, começamos com Incarnam e várias melhorias de ergonomia.

Nem é preciso dizer que DOFUS é um jogo que oferece um conteúdo muito rico. Ele é composto por várias interfaces e uma complexidade que, às vezes, pode desencorajar os novos jogadores. Vamos então nos concentrar nas interfaces para torná-las mais claras e intuitivas tanto para o iniciante quanto para o jogador fiel!

Vamos realizar muitos testes e observações para encontrar as melhores soluções, mas não hesitem em nos enviar seus comentários nos fóruns. Estamos sempre dispostos a ouvir o seu feedback.

É óbvio que isso não acontecerá em detrimento da experiência de jogo de alto nível e da criação de novos conteúdos, o que também será um grande desafio em 2016.

Desejamos a vocês um 2016 repleto de [escrevam aqui o que vocês quiserem]! (P.S.: Já imaginaram a nova interface de criação de personagens?)
 

DOFUS Touch

 
DOFUS Touch está em fase Beta fechada na França desde outubro de 2015. Atualmente, a equipe tem trabalhado mais especificamente nas interfaces para otimizar o conforto do jogo no tablet, além da resolução de diferentes bugs. Foram identificados alguns problemas no Android e eles estão sendo resolvidos.
A versão Beta do jogo recebe cada vez mais jogadores. É claro que vocês serão informados se surgir uma oportunidade de fazer o download do jogo em outros países.
 

KROSMAGA


O teste alfa de Krosmaga terminou há poucos dias e o feedback dos jogadores é muito promissor.
Estamos ansiosos para mostrar o resultado para mais jogadores! Mas ainda teremos trabalho para analisar todos os comentários. 
Devemos esperar até março para passar da versão beta.

Por enquanto, vamos fazer nossos testes em duas divindades: o deus Iop e a deusa Cra. Já existe um pequeno rebalanceamento em curso. Depois de concluído, quatro novos deuses entrarão no campo de batalha: a deusa Eniripsa, o deus Ecaflip, o deus Sram e a deusa Sacrier!
 
Como vocês também sabem, esperamos oferecer uma versão física: um jogo de cartas Krosmaga com tabuleiro! Um protótipo foi testado na aldeia Ankama em Lille, e ele deve sofrer alguns ajustes e diferenciações com relação à versão para PC/tablet. Mas, em ambos os casos, o potencial é incrível! 2016 será para nós o ano de um grande salto!
Enquanto isso, aqui estão novas imagens. Esperamos que elas os inspirem (alerta de spoiler)...

 

Palavras finais:

Obrigado a todos por terem chegado até aqui! Nos próximos meses, postaremos o calendário dos seis primeiros meses do ano. Então, vocês logo saberão o que pretendemos fazer com DOFUS e Wakfu MMO, mas também terão mais informações sobre as próximas datas importantes.
 
Tot